O relatório Redken

Cinco coisas que deves saber antes de te decidires por uma franja

Já todas nós’nos olhámos ao espelho—a mexericar no cabelo e a perguntar se devíamos ou não usar franja. Pegamos em várias secções do nosso cabelo e penduramo-lo à frente da nossa testa, a fingir de conta que temos uma franja perfeitamente simétrica, ou uma franja chique esvoaçante . Bem, está’na hora de te afastares do espelho, e ires ter com a pessoa que melhor conhece o teu cabelo,—o teu estilista. Como qualquer estilista te poderá dizer, o tipo de franja que deves fazer depende de ti e da tua rotina diária. Questões como a quantidade de exercício que fazes, ao tempo que pretendes passar a pentear o teu novo penteado,‘influenciam o tipo de franja ideal para ti. Não sabes o que deves ter em consideração? Aqui ficam alguns fatores que, segundo os especialistas de Redken, deves ter em mente ao decidires usar franja.

O fator da manutenção

A musa e modelo de Redken, Soo Joo Park exibe um cabelo louro platinado brilhante e uma franja lateral.
Segundo Sam Villa, Education Artist Director de Redken e mestre estilista, uma área que muitas tendem a negligenciar quando começam a usar franja é a manutenção. Quando a tua franja simétrica já’perdeu o corte, ou quando a tua franja lateral parece ter vontade própria, styling diário e aparos regulares são frequentemente necessários para essas franjas. Da próxima vez que falares com o teu estilista, vê que tipo de penteados, produtos, e manutenção são necessários para o tipo de franja que desejas.

O fator da textura

A musa e modelo de Redken, Chloe Norgaard exibe a sua cor de cabelo vívida da City Beats.
Ao procurares o estilo de franja perfeito para ti, mantém a textura’natural do teu cabelo em mente. Nem todas as texturas de cabelo combinam na perfeição com todos os estilos de franja, por isso, fala com o teu estilista para veres quais as opções que melhor resultam para ti. Por exemplo, as pessoas com cabelo encaracolado devem evitar franjas cortadas à navalha porque podem fazer com que o cabelo pareça frisado.

O fator da individualidade

A musa de Redken, Jetta, exibe o seu cabelo encaracolado e uma franja texturizada.
Todas têm algo que torna o seu cabelo e o formato da sua cabeça diferente das outras. Algumas de nós temos uma linha de cabelo recessiva,’enquanto que outras têm remoinhos dramáticos. Estes diferentes fatores determinam a forma como alguns formatos de franja assentam em algumas pessoas. Por exemplo, no caso de uma pessoa com um remoinho mesmo junto à linha do cabelo, uma franja lateral pode não cair para o lado desejado. Não te deixes dissuadir,’trabalha com o teu estilista para decidir que outras formas funcionam com os teus fios únicos.—

O fator do estilo de vida

Modelo com cabelo louro vivo e franja simétrica
Para a Redken Artist, Sarah Bramham, um dos principais fatores para ajudar uma cliente a escolher o tipo de franja adequado é o estilo de vida que esta tem. “Adoro explicar como um certo formato de franja as irá favorecer, mas o meu fator determinante’vai ser principalmente o estilo de vida da cliente. Por exemplo, se ela fizer muito ginásio e não’gostar de ter o cabelo à frente dos olhos, a franja pode não ser o ideal para ela.”Como este é um fator que realmente varia de pessoa para pessoa, o’melhor é falares com o teu estilista para ver o que funciona melhor para ti.

O fator da fotografia

A franja é a adição perfeita para a tua próxima selfie.
Uma das melhores formas de garantir que fazes o melhor corte de franja para ti é levares contigo fotografias do que queres e do que não queres’quando fores à tua marcação. Não gostas das franjas grandes e volumosas dos‘anos 80? Mostra-as ao teu estilista. Também’não queres ficar parecida com as tuas fotos antigas do Myspace? Mostra-as também. Ao teres uma ideia clara do tipo de franja que’pretendes, o teu estilista pode ajudar-te a personalizar esse estilo para a ti.