Monitorização e preços

Monitorização e fixação de preços

COMO MONITORIZAR O NEGÓCIO

• Número de clientes por dia: quantos clientes foram servidos, seja pelo livro de marcações, seja pelo teu próprio registo
• Número de serviços por dia: quantos serviços foram prestados a cada um dos clientes. Quando o preço do corte de cabelo inclui a secagem, devem ser contados dois serviços diferentes. Divide o serviço de cada cliente em incrementos de serviços, independentemente da estrutura de preços.
• Total dos serviços por dia: o preço global de todos os serviços prestados
• Total das vendas por dia: o preço global de todos os produtos ou produtos vendidos
• Número de novos clientes recomendados: de todos os produtos ou ferramentas vendidos da tua clientela atual
• Número de clientes frequentes: quantos clientes habituais recebeste


USO DE PARÂMETROS DE REFERÊNCIA

Quando tiveres recolhido e registado as informações mais importantes relativas aos teus clientes, podes usá-las para estabelecer parâmetros de referência. Estes parâmetros de referência ajudar-te-ão a obter certos benefícios, incluindo:
• Uma melhoria de qualidade de vida
• Um serviço ao cliente mais aprimorado
• Uma maximização do potencial de lucro

Eis algumas das informações mais relevantes que podes extrair destes números:


NÚMERO DE CLIENTES POR DIA

A tua estratégia de melhoria começa com o número de clientes que recebes por dia. Uma boa referência que deves tentar alcançar é 10 a 12 clientes por dia. Se recebes mais de 12 clientes por dia, ultrapassaste a referência para os teus clientes pretendidos


NÚMERO DE SERVIÇOS PRESTADOS POR DIA

Deves prestar pelo menos 2 a 3 serviços a cada cliente. Cada um dos clientes deve receber diversos serviços ou algum tipo de serviço suplementar. É importante vender o look, não apenas serviços.
Alguns parâmetros de referência que deves tentar alcançar:
• 8 clientes por dia devem receber entre 16 a 24 serviços
• 10 clientes por dia devem receber entre 20 a 30 serviços
• 12 clientes por dia devem receber entre 24 a 36 serviços


NÚMERO DE NOVOS CLIENTES RECOMENDADOS

Deves receber pelo menos um novo cliente por semana, a quem o teu salão tenha sido recomendado. Eis cinco estratégias para que os teus clientes te recomendem:
• Pede que te recomendem. Se os teus atuais clientes gostam do teu trabalho, espera pelo momento certo e pede-lhes que te enviem novos clientes. Os vales-presente são uma ótima forma de encorajar os clientes a fazê-lo
• Promove novos serviços para novos clientes. Caso os teus clientes mostrem interesse num novo serviço que ainda não tenham recebido, oferece-lhes esse serviço como cortesia no caso te enviarem novos clientes
• Promove descontos em troca de novos clientes. Se um dos teus clientes atuais enviar um amigo, recebe 10% de desconto por cada amigo a quem te recomendar
• Promove serviços de manicure e/ou outros tratamentos, para que estes profissionais te tragam novos clientes.
• Sê ativo na comunidade: participa em eventos de moda ou de caridade, cut-a-thons e outras ações para os mais necessitados. É uma ótima forma de estabelecer relações profissionais e de entrar em contacto com potenciais clientes


NÚMERO DE CLIENTES HABITUAIS

Os clientes habituais devem representar pelo menos 80% da tua clientela. Quando atingires o objetivo referencial dos 10-12 clientes por dia, surgirá a oportunidade de melhorares os teus serviços, bem como de expandires a tua clientela e os teus lucros.

FIXAR OBJETIVOS

Usa a  Grelha de Qualidade do Cliente  para perceberes melhor como a gestão da tua clientela influencia os teus lucros.
Eis como funciona:
1. Seleciona um total de serviços diários como parâmetro de referência ou objetivo na coluna da esquerda da grelha
2. Na linha superior da grelha, identifica o número de clientes que tens no livro de marcações (ou que pretendes receber) num dia normal
3. Seleciona a caixa em que este número de clientes recebidos por dia se cruza com a coluna do total dos serviços por dia
4. Esta caixa mostra-te o preço médio da fatura que cada cliente deverá ter para que atinjas os teus parâmetros de referência ou objetivos
Cada vez que atinges um parâmetro de referência ou objetivo, estás a melhorar a qualidade do teu serviço ao cliente, a aumentar o teu potencial de rendimentos e a melhorar a tua qualidade de vida


COMUNICAR OS AUMENTOS DE PREÇOS

Dizer aos teus clientes que aumentaste os preços pode criar situações desconfortáveis.
Eis algumas maneiras eficazes para o fazer:
• Comunica-o verbalmente
• Envia um e-card
• Escreve-o na tua e-newsletter
• Anuncia-o no teu website
Lembra-te que a ideia por detrás do aumento dos preços é renovar a clientela e arranjar espaço para novos clientes e serviços complementares.
Se receias perder clientes, sugerimos que:
• Faças um plano, ou desenvolvas uma estratégia
• Definas os teus objetivos ou parâmetros de referência
• Monitoriza de perto o teu negócio
• Não aumentes os preços, renova a tua clientela
O teu negócio necessita de tempo para crescer e para se desenvolver. Tenta estratégias diferentes, monitoriza o crescimento e identifica o que funciona para ti. Arranja tempo para gerir o teu negócio, ou será ele que acabará por te gerir a ti.


PREPARAR OS EMPREGADOS PARA O AUMENTO DOS PREÇOS

Um dos primeiros passos que podes tomar para ganhar, aprender e viver melhor é ajustar os teus preços. Para tal, é essencial explicá-lo aos teus empregados e prepará-los. Ao ajustares os teus preços, renovarás a tua clientela e arranjarás espaço no livro de marcações para atrair novos clientes - clientes esses com perfis mais adequados aos teus objetivos e que te ajudarão a maximizar o teu potencial de rendimentos.


NÍVEIS DE AJUSTE DE PREÇOS

COMPREENDE OS BENEFÍCIOS

Nível 4: Para melhorar o fluxo
A este nível, os hairstylists entendem que precisam de ajustar os seus preços para renovar a sua clientela. Sabem que ao perder clientes também vão criar espaço no livro de marcações para oferecer um melhor serviço ao cliente com serviços conceptualizados. Também ganham tempo para receber novos clientes a quem o salão tenha sido recomendado e que estejam dispostos a pagar os novos preços.

Nível 3: Rever as prioridades
A este nível, os estilistas começam a ficar demasiado ocupados. Não passam tempo suficiente com os seus clientes e começam a atrasar-se, o que lhes causa stress. Sabem que está na hora de ajustar os preços.

NÃO COMPREENDE OS BENEFÍCIOS

Nível 2: Processo
A este nível, os hairstylists associam o ato de aumentar os preços à ira dos clientes. Sentem que não têm o direito de subir os preços, e têm receio que os clientes saibam que o fizeram.

Nível 1: Desviado
A este nível, os estilistas associam o ato de aumentar os preços à perda de clientes e de dinheiro. Sentem que ao aumentar os preços cometem um pecado imperdoável, como se estivessem a fazer algo de imoral e ganancioso.