Conhece o homem por detrás dos penteados favoritos das Semanas da Moda

A carreira de Guido Palau estende-se por décadas nas indústrias da moda e beleza, e o seu nome é reconhecido com os maiores elogios que vão muito além da Semana da Moda. Quer esteja a criar elegantes rabos de cavalo em Milão ou a elaborar um penteado vanguardista em Paris, os visuais icónicos de Guido Palau são abrangentes. Cada estilo que cria surge de um lugar de inspiração profunda e, muitas vezes, influencia as tendências mais marcantes da estação.

Como é que alguém de uma pequena cidade inglesa se torna num artesão de cabelos tão reconhecido? Nós perguntámos-lhe.

O seu início

“Sempre fui curioso no que tocava a estilo e inspirava-me com revistas de moda e beleza com trabalhos de personalidades como Barry Lategan, Bruce Webber e do cabeleireiro holandês Christian, cujas abordagens mais livres foram para além dos limites da sua época,” afirma Guido. “Depois foi no início dos anos 80 que movimentos subculturais como New Wave, Indie, e o Gótico co-existiram e formaram normas criativas que mudaram as tendências de corte e coloração de cabelo. Tudo isto despertou o meu interesse nesta área.”

A partir daí, começou a sua carreira como cabeleireiro no salão Vidal Sassoon em Londres. Após dezoito meses atrás da cadeira, a estrela em ascensão seguiu para um papel de maior destaque em revistas, onde se viria a tornar numa peça chave no mundo da moda de cabelos.

Depois do seu tempo no salão, foi-lhe pedido para trabalhar como assistente de um cabeleireiro numa sessão fotográfica da Woman’s Weekly. Esta sessão serviu como a sua introdução ao mundo das campanhas de moda e dos desfiles. Deu-lhe a oportunidade de ver o que o mundo da moda tinha para lhe oferecer, e mostrou-lhe a direção que iria marcar a sua expressão artística nos cabelos.

O que verdadeiramente lançou a carreira de Guido para a ribalta foi o seu trabalho no infame videoclipe de George Michael “Freedom! 90.”Este videoclipe icónico apresentava celebridades como Linda Evangelista, Cindy Crawford e Naomi Campbell. Este seu trabalho no vídeo valeu-lhe o prémio Sassoon Stylist of the Year nos British Hairdressing Awards em 1990 – um prémio que voltaria a ganhar três anos mais tarde.

A partir daí, Guido tornou-se um nome consagrado na moda. Em 1994, Calvin Klein ofereceu-lhe o cargo de cabeleireiro principal para a sua campanha de Outono. Nesse seu primeiro desfile de moda ele trouxe uma perspetiva única a uma marca classicamente Americana. “Foi um período grunge com Kate Moss, muito inacabado, grunge. Na altura era uma estética muito nova em cabelo,” afirma Guido.

Este estilo grunge impressionou o mundo da moda dos anos 90 e o estatuto de Guido como um criador de tendências solidificou-se. A partir daí, começou a trabalhar com grandes nomes da moda como Marc Jacobs, Alexander McQueen, Louis Vuitton, e muitos mais.

Semana da Moda

O seu trabalho começou a ser muito procurado, e Guido atualmente orienta entre 30 a 40 desfiles durante cada época de semanas da moda. Em média, Guido e a sua equipa usam cerca de 200 latas de laca Redken para criar os looks nos bastidores.

“ Não existe uma forma real de se preparar para o caos de uma Semana da Moda. É como um tornado que quando chega há pouquíssimo tempo para tudo o resto,” afirma Guido. Tão pouco tempo, de facto, que o stylist apenas dormiu duas horas antes do desfile de Louis Vuitton, em 2014. Isto é que é um homem ocupado.

“Há sempre uma mistura de entusiasmo, tensão, adrenalina, limitações de tempo, dirigir e inspirar equipas de pessoas, e falta de sono,” menciona Guido. “A Semana da Moda é, certamente, cansativa, mas também é o que me motiva e inspira a cada estação. Estou sempre a tentar criar novas técnicas com a ajuda de produtos e com uma perspetiva visionária.”

 

Encontrar inspiração

 

Então como é que alguém encontra inspiração suficiente para criar looks para quase oitenta desfiles por ano? Para Guido, não é assim tão difícil como parece.

 

“ Eu inspiro-me em tudo, literalmente, desde descer a rua ao design arquitetónico, das subculturas à música. O melhor em viajar tanto como eu viajo é que podes receber inspiração de tantos países diferentes. Cada sítio tem a sua própria personalidade, por isso eu recebo inspiração de museus, arte, exposições, música, arquitetura, design, de todas as partes do mundo. As mudanças na moda e nos penteados surgem por inspiração, e a inspiração está em todo o lado. Está sempre a evoluir de algo que já vimos no passado para algo novo. Estou sempre à procura de algo novo.”

 

Para além da sua própria inspiração, Guido também trabalha com um grupo de pessoas para criar os looks para a Semana da Moda. “Grande parte da minha inspiração vem do facto de trabalhar com pessoas fantásticas. Tenho muita sorte em poder trabalhar com os estilistas, artistas de maquilhagem e fotógrafos mais criativos do mercado, e com a empresa visionária da moda, Redken.”

 

São estas parcerias que o ajudam a criar cada look individual. Para além de trabalhar com os melhores dos melhores, Guido também menciona que o próprio trabalho dos estilistas tem um grande impacto no penteado final.

 

 “Primeiro, tem tudo a ver com a roupa e perceber o tipo de mulher e carácter que o estilista imagina, e a mensagem que este quer transmitir através da roupa. Há sempre uma história por detrás, e é tão importante como de onde é a mulher. É importante para mim entender exatamente todos os detalhes para criar o look perfeito para esta mulher.”

É este tipo de foco na mulher que é a base do trabalho de Guido. “Sempre tentei ampliar fronteiras, fazer com que as pessoas olhem para coisas que não consideram convencionais, ou que não consideram sempre ser ‘de bom gosto’. Sempre trabalhei com texturas, formas, que provavelmente questionariam a ideia de beleza de muita gente, e como estamos sempre a ser pressionados atualmente, os jovens estão no caminho certo com o look visionário que apresentam. Estão a confrontar as pessoas — com toda esta fluidez entre géneros. Os jovens têm voz, de verdade. Eles estão a transformar-se para ser aquilo que realmente sentem que são.”

A Moda e A Mulher Quotidiana

Não é segredo nenhum que muitos dos looks característicos de Guido tendem a inclinar mais para um estilo mais avant-garde do que tradicional, no entanto, não deixes que estes looks inconvencionais te enganem. Como Guido mencionou, existem várias formas pelas quais estes looks se podem aplicar na rotina diária.

 “Como é bastante sabido, as mulheres de hoje estão sempre informadas, atualizadas e conectadas. Estão sempre online, nos seus smartphones e tablets. Atualizam-se diariamente e podem ver as suas celebridades favoritas a mudar de visual até 4 vezes numa semana! Por isso, é importante que os salões estejam constantemente informados acerca do que se passa, prestem atenção às revistas de moda, aos desfiles e passadeiras vermelhas,” afirma Guido.

“Na verdade, o que as mulheres querem hoje é algo mais simples do que há 20 anos. Elas querem estar bonitas (claro), naturais, mas também únicas. É por isso que os detalhes são cruciais.”

Então, se pretendes mudar o teu penteado diário, Guido sugere que faças pequenas alterações.

“ Eu acredito que até a coisa mais simples, como mudar apenas uma risca no cabelo, pode verdadeiramente mudar o rosto. Não tem de ser uma coisa em grande. Então, se costumas usar o cabelo de lado, ao mudar a risca ligeiramente mais para o meio podes transformar o teu rosto. Temos uma ideia muito fechada em relação à nossa aparência, e sentimos que é a única forma que devemos parecer, e quando olhamos para pessoas como atrizes, estrelas pop e outras, e vemos como transformam os seus looks, ficamos com alguma inveja, mas na verdade o que eu acho é que eles têm várias pessoas à sua volta a dizer que ficam muito bem, e depois têm um bom cabeleireiro — e então conseguem ter a confiança para usar esses looks. Acho que muitas mulheres verdadeiras perdem essa confiança e temos de a voltar a encontrar dentro de nós, talvez se tivesses um cabeleireiro fantástico, que te sugerisse novas ideias, mas que podem ser pequenas coisas, como uma mudança da risca, deixar o cabelo secar naturalmente, sem usar o secador, experimentar novos produtos para conseguir resultados diferentes.”

De facto, estilos fáceis como o rabo de cavalo tradicional podem ser elevados com pequenas e simples alterações. Mesmo sendo o penteado mais comum para toda a gente, pequenos ajustes podem elevá-lo para outro nível.

“Não subestimes o poder do rabo de cavalo. Este é o penteado que equivale a uma t-shirt branca clássica; é incrivelmente versátil,” diz ele.

Adiciona ganchos decorativos, irriça as pontas, dá um look molhado às raízes — existem milhares de maneiras de elevares esse look clássico a um nível moderno. O estilo de Guido baseia-se nestes pequenos ajustes.

“Só porque o cabelo parece minimalista, não quer dizer que seja simples. Existem várias camadas para trabalhar, várias coisas e produtos que tornam esse cabelo simples parecer tão dramático quanto é. Este é o novo tipo de sofisticação,” afirma Guido.

Para além de estilizar, é também importante realçar o poder de um bom corte de cabelo. Quer seja uma franja simples ou um lob merecedor de Instagram, um corte de cabelo pode honestamente mudar a tua persona por completo.

“As raparigas aceitam mais facilmente estas transformações — franjas ou escadear, ou mesmo cortes drásticos. Para a mulher verdadeira — continuo a dizer a mulher “verdadeira”, em casa, a ler isto — cortar algumas camadas seria o primeiro passo, pois volta a crescer em cerca de seis semanas e é quase como se estivesse a afastar a franja, iria começar uma nova fase no seu cabelo,” menciona Guido.

Por isso, não interessa se o teu cabelo é comprido e exuberante, ou curto e espetado, Guido acredita que a forma como o usas deve ser uma escolha individual, independentemente do que está na moda.

A sua caixa de ferramentas

Enquanto stylist global, Guido tem uma gama de produtos sempre prontos para criar quase qualquer look de cabelo imaginável. Os produtos que frequentemente fazem parte do seu kit são uma laca de fixação fléxivel, como Redken Fashion Work 12, um protetor térmico para uso com o secador como o Pillow Proof Blow Dry Primer, o Satinwear 04 Prepping Blow-Dry Lotion e um spray volumizador como o Guts 10 para criar os seus looks característicos.

 

Para além destes básicos clássicos no seu kit, Guido também acredita que toda a gente deveria experimentar o Windblown 05 Texturizing Spray. “Acho que o Wind Blown 05 é um dos que insisto em falar porque é um dos produtos que é verdadeiro transformador em textura, mas também não tão assustador para as mulheres, e acho que isso é a verdadeira chave para um produto bem sucedido. Acho que o Wind Blown dá uma textura ótima que o cabelo não tem, e um bom volume, por isso é um produto maravilhoso.”

 

Queres descobrir mais sobre o Diretor Criativo de Redken Global, Guido Palau, e dos seus indispensáveis de styling? Segue@Redken  no Instagram para as últimas novidades sobre tudo o que tenha a ver com cabelos.